Entenda mais sobre Ayurveda

terça-feira, 26 março , 2013 postado por webmaster

Ayurveda - fresh herbs

Há cerca de cinco mil anos atrás, a ciência do Ayurveda começou na Índia. Ayurveda é uma palavra sânscrita que significa literalmente “Ciência da Vida ou Ciência da Longevidade”. AYUR significa vida e veda significa conhecimento ou ciência.

O Ayurveda é um sistema terapêutico tradicional da Índia, cuja origem está profundamente enraizada nos Vedas, a doutrina sagrada da Índia, e o mais antigo registro da experiência humana.

O Ayurveda é um conhecimento da vida, centrado nas energias sutis que existem em todas as coisas, não só nas vivas e inorgânicas, como também em nossos pensamentos, emoções e atos.

As origens do Ayurveda são citadas por vários autores, como uma tradição oral que nasceu a 5000 ªC., praticada por pessoas simples que dominava a sofisticada língua sânscrita. Os primeiros tratados escritos datam ao redor de 1000 ªC. e o mais conhecido é o “Charaka Sambita”, que se centra na medicina interna. Porém, na atualidade, muitos médicos de tradição Ayurveda empregam o “Astanga Hrdayam”, que é uma copilação mais resumida e datada de um milênio depois dos primeiros textos. Os ensinamentos do Ayurveda foram descritos em forma de sutras, narrados como sucintos versos poéticos em Sânscrito. Estes versículos são constituídos de termos muitos ricos, fundamentados em pensamentos profundos e uma filosofia rica em designar os aspectos íntimos da consciência. Porém, com a tradução destes termos para a língua ocidental, perderam-se parte de sua riqueza poética e seu significado, porque não é possível fazer tradução eficazmente dos conceitos do Ayurveda para as línguas ocidentais.

O diagnóstico Ayurveda não é realizado como na Medicina Ocidental: um médico Ayrveda trata o paciente de forma global, porque a base de tratamento é fundamental na consciência individual, um sistema em que cada pessoa é um ser único, sujeito a desequilíbrios singulares na sua vida.

Foto Ayurvedica 13

A MASSAGEM AYURVÉDICA é uma parte desta ciência envolvida com o movimento da energia no corpo. É uma excelente forma de manter saúde e criar equilíbrio entre os três humores corporais (vata-pitta-kapha). Para isso recomenda-se que se receba massagem regularmente.

Em Ayurveda, a MASSAGEM AYURVÉDICA descreve-se como “jarahar”, que é o que retarda o envelhecimento, porque nutre os sete componentes do corpo humano, “dhatus”. Ao friccionar, comprimir e pressionar a musculatura, e ao manipular os pontos de pressão, se intensifica a circulação do sangue, da linfa e dos hormônios, que por sua vez, fortalece os sistemas nervoso e imunológico, retardando o envelhecimento. Os sete componentes do corpo humano são:

  1. Rassa (fluido, hormônios, linfa)
  2. Rakta (sangue)
  3. Mansa (músculos e pele)
  4. Medha (gordura)
  5. Asthi (ossos e dentes)
  6. Majja (medula)
  7. Shukra (sêmen)

É uma técnica de massagem curativa, profunda, tendo como motor de arranque a coluna vertebral, “o centro do microcosmo, a sede das atividades neuromotoras do corpo”. Combina movimentos vigorosos em toda massa muscular e manobras de trações e alongamentos, estimulando pontos e órgãos vitais, liberando a energia vital bloqueada e estagnada em diversas partes do corpo que impede o equilíbrio físico e emocional.

A massagem é realizada com óleo vegetal adequado a cada dosha (vata, pitta ou kapha) que, aliado ao uso de um pó originário de uma raiz de uma planta indiana (vackandi), estimula a circulação sanguínea, aquecendo os músculos e facilitando a liberação das toxinas de todos os tecidos do corpo.

Um dos objetivos da técnica é ajustar o líquido intercelular do corpo o qual denominamos linfa para estabelecer o equilíbrio entre os vários sistemas e órgãos para que os mesmos possam funcionar adequadamente.

Proporciona um harmonioso equilíbrio nos níveis físico, mental, emocional e espiritual. Oferece um realinhamento postural, fortalece o sistema imunológico, alivia tensões no corpo físico e tem efeito anti-stress e anti-depressivo, desbloqueando energias estagnadas no corpo físico, muitas vezes originárias de emoções reprimidas, as quais bloqueiam a livre circulação da energia vital, levando o indivíduo a processos de doenças físicas e/ou emocionais.

Por ser uma valiosa técnica de transformação interna e externa, a partir de uma consciência corporal e de um melhor entendimento da dinâmica das relações consigo mesmo, com o outro e com o mundo, é uma poderosa ferramenta auxiliar em qualquer tratamento médico tradicional como também nos tratamentos de psicoterapia.

 

ayurveda1

Ayurveda é a ciência da vida cotidiana, cujo sistema de conhecimento evoluiu a partir da “iluminação” prática, filosófica e religiosa dos rishis (seres antigos realizados, ou videntes da verdade), que atravésda intensa meditação alcançaram o conhecimento do nível sutil e manifestavam esse conhecimento na sua vida diária. No estreito relacionamento entre o homem e o universo, os rishis perceberam como se manifesta a energia cósmica em todas as coisas vivas ou não.

Em Ayurveda, a jornada da vida em sua totalidade é considerada sagrada. Sua grande verdade é Ser, Existência Pura, Fonte de toda a vida. Ayurveda é uma ciência da verdade, como esta se expressa na vida.

A palavra Ayurveda é um termo sânscrito que significa”ciência de vida”. Ayu significa “vida” (ou “modo diário de vida”) e Veda significa “conhecimento”.

A Ayurveda é um sistema holístico de medicina que surgiu na Índia, desenvolvendo-se nas mentes meditativas dos rishis. Originando-se na Consciência Cósmica, toda uma sabedoria foi recebida intuitivamente nos corações dos rishis. Por milhares de anos seus ensinamentos foram transmitidos oralmente de mestre para discípulo, e mais tarde foram transcritos na literatura sânscrita dos Vedas.

O sistema de cura ayurvédico vem sendo amplamente praticado na Índia por mais de cinco mil anos. Ele ajuda a pessoa sadia a manter a saúde, e a pessoa doente a recuperá-la. É uma ciência de vida curadora, médico-metafísica. A prática da Ayurveda é indicada para promover o bem estar, a saúde e o desenvolvimento criativo do ser humano, ou seja, também uma arte de cura. Antes de mais nada, em especial para nós ocidentais, esse sistema é acima de tudo preventivo, educativo, no sentido de dar fundamentos e práticas para a manutenção cotidiana de uma boa saúde. Aqui o paciente é o principal agente restaurador de sua saúde, onde deve incorporar na sua rotina hábitos alimentares saudáveis, cuidados com o corpo e mente.

Estudando os ensinamentos da Ayurveda, o conhecimento prático da autocura pode ser adquirido por qualquer pessoa. Através do equilíbrio apropriado de todas as energias do corpo, os processos de deteriorização física e doença podem ser drasticamente reduzidos. Esse conceito é básico para a ciência Ayurveda: a capacidade do indivíduo em promover a autocura.

O homem aqui também considerado como um microcosmo, um universo dentro de si mesmo. Filho das forças cósmicas do ambiente externo, o macrocosmo. Sua existência individual é indivisível a partir da manifestação cósmica global. Ayurveda vê saúde e doença em termos holísticos, levando em consideração o relacionamento inerente entre o espírito individual e cósmico, consciência individual e cósmica, energia e matéria.

 

3711547447_e14f2e2e81

 

Numa abordagem mais profunda, Ayurveda, Ioga e Tantra são as antigas disciplinas de vida tradicionais da Índia. Ioga é a ciência da união com o Divino, Tantra é um método de trabalho com a grande energia criadora de Vida e Ayurveda é a ciéncia da Vida. O propósito de cada prática é ajudar a pessoa a alcançar a boa longevidade, o rejuvenescimento e a auto-realização.

Na evolução espiritual do homem, Ayurveda é a base, Ioga é o corpo e Tantra a cabeça. Primeiramente é necessário compreender a Ayurveda a fim de experimentar as práticas da Ioga e Tantra. Assim Ayurveda, Ioga e Tantra formam uma trindade de vida interdependente. A saúde do corpo, mente e consciência depende do conhecimento e prática das três na vida diária.

Assuntos Ayurveda, Massagem, Yoga | Comentários desativados em Entenda mais sobre Ayurveda

Atendimento com Madhuri em Janeiro de 2013

segunda-feira, 21 janeiro , 2013 postado por webmaster

Madhuri em São Paulo em janeiro de 2013.

Veja também a agenda de Madhuri este mes para Campo Mourão, Curitiba, Natal e Bento Goncalves. http://www.madhuri.com.br/agenda

 

Email Madhuri jan 2013_sp

Assuntos Atendimento em São Paulo, email, Massagem | Comentários desativados em Atendimento com Madhuri em Janeiro de 2013

Pesquisas Sobre os Efeitos da Massagem

segunda-feira, 18 junho , 2012 postado por webmaster

Muitas vezes nos perguntamos “Será mesmo que a terapia da massagem traz benefícios?”.  Pensando nisto fomos procurar se há realmente pesquisas que comprovem os benefícios tão proclamados da massagem. Para surpresa de muitos, há várias universidades, principalmente nos Estados Unidos, que estudam os efeitos da massagem sobre as pessoas em todas as faixas etárias como vamos ver a seguir, mas infelizmente aqui no Brasil não há muitos estudos sobre o assunto.

O “Touch Research Instituite”, nos Estados Unidos, já conduziu em torno de 78 estudos sobre os efeitos positivos da terapia da massagem e dentre as descobertas significativas estão a melhora no crescimento (no caso de crianças), redução de dores (exemplo fibromialgia), redução nos problemas com a auto-imunidade (aumento das funções pulmonares na asma e diminuição dos níveis de glicose em diabéticos), melhoria da função imunológica e melhoria da performance e agilidade.Muitos destes efeitos se mostraram devido ao relaxamento e a diminuição dos hormônios do estresse.

 

Vamos mostrar um breve comentário de 14 estudos variados, já realizados nesta área:

 

1) “Better than a coffee break” – Melhor do que a paradinha para o cafézinho: compara 2 grupos dentro de uma empresa, um grupo(26 empregados) que recebia 15 minutos de massagem 2 vezes por semana e outro grupo(24 empregados) que não recebia massagem mas usava uma técnica de relaxamento apenas fechando os olhos e indução para o relaxamento.

Resultados:
O grupo que recebeu massagem demonstrou uma redução no estresse e maior disposição, enquanto o outro grupo não apresentou nenhuma melhora.
Ambos grupos tiveram as ondas cerebrais, alfa e beta medidas e observou-se que no grupo que as pessoas receberam massagem estavam mais alertas.
A quantidade de hormônio do estresse encontrados na saliva foi menor no grupo que recebeu a massagem do que no outro grupo.
O grupo massageado resolvia problemas matemáticos na metade do tempo que eles levam normalmente além de terem 2 vezes menos erros do que quando eles não eram massageados. Enquanto as habilidades matemáticas do grupo que não recebeu massagem, apenas indução ao relaxamento, não houve nenhuma melhora.
E para fechar eles consideram significativo os resultados obtidos na pesquisa se considerarmos que quase 200bilhõesde dólares (estimativa de 1993) são perdidos em baixa produtividade nos Estados Unidos, considerando-se baixa produtividade, abstinências, despesas médicas diretas e planos de saúdes entre outros.

 

2) “Research Shows Massage Therapy Works” – Pesquisadores mostram que a terapia da massagem funciona obteve os seguintes resultados:
Estudantes de medicina da Universidade de Medicina e Odontologia de New Jersey que foram massageados antes de um exame, mostraram um redução significativa da ansiedade e da taxa de respiração, assim como um significativo aumento das células brancas no sangue e na atividade das células protetoras do organismo, sugerindo assim um benefício ao sistema imunológico;
Resultados preliminares sugerem que pacientes acometidos de câncer tinham menos dor e ansiedade depois de receberem massagem terapêutica no Hospital de Câncer e Instituto de Pesquisa James em Columbus-Ohio – Estados Unidos.
Mulheres que recentemente perderam seus filhos estavam menos depressivas depois de receberem massagem terapêutica, de acordo com o resultados preliminares na Universidade do Sul da Carolina.
Estudos financiados pelo Instituto Nacional de Saúde (National Institutes of Health – NIH) descobriram os benefícios da massagem no aumento do ganho de peso dos bebês com HIV e na recuperação de pacientes que passaram por cirurgias no abdômen.
Na Escola de medicina da Universidade de Miami- Instituto de Pesquisa do Toque (Touch Research Institute) – estudos demonstraram que a massagem auxilia na diminuição da pressão sanguínea em pessoas hiper-tensas, aliviando dores as dores em pessoas que sofrem de enxaqueca e melhorando a agilidade e performance nos trabalhadores de escritório.

 

3) Massagem&Aromaterapia: Adultos expostos ao aroma do alecrim reduziram as ondas alfa e beta, sugerindo aumento na atenção e concentração. Eles também tiveram redução nos níveis de ansiedade e realizaram cálculos matemáticos com maior rapidez. Adultos expostos ao aroma de lavanda mostraram um aumento nas ondas beta sugerindo aumento de relaxamento. Eles não apenas realizaram cálculos matemáticos em menor tempo, mas também com menos erros. Fonte: Diego, M.A., Jones, N.A., Field, T., & Hernandez-Reif, M. (1998). Aromatherapy reduces anxiety and enhances EEG patterns associated with positive mood and alertness. International Journal of Neuroscience. 96, 217-224.

 

4) Mães adolescentes depressivas:Mães adolescentes que receberam terapia da massagem e outras que receberam terapia de relaxamento se apresentaram menos depressivas e menos ansiosas. Ambos os grupos relataram isto em seus relatórios pessoais e tais características também foram observadas pelos pesquisadores. Além disto os níveis de cortisol em ambos os grupos haviam diminuído e os níveis de seratonina haviam aumentado, indicando que os grupos estavam menos estressados e menos depressivo. Fonte: Field, T., Grizzle, N., Scafidi, F., & Schanberg, S. (1996). Massage and relaxation therapies’ effects on depressed adolescent mothers. Adolescence, 31, 903-911.

 

5) Diabéticos: Acompanhando um mês os pais fazendo massagem em seus filhos diabéticos, o nível de glicose nas crianças diminuiu à faixa normal e observou-se também melhoria no comprimento da dieta alimentar destas crianças. A ansiedade tanto dos pais como dos filhos diminuiram. Fonte:Field, T., Hernandez-Reif, M., LaGreca A., Shaw, K., Schanberg, S., & Kuhn, C. (1997). Massage therapy lowers blood glucose levels in children with Diabetes Mellitus. Diabetes Spectrum 10, 237-239.

 

6) Voluntários idosos aposentados versus massagem: Voluntários idosos aposentados foram avaliados depois de massagearem crianças por um mês versus receber massagem por um mês realizada entre eles (os idoso). Os resultados foram: 1) Eles relataram menos ansiedade e menos sintomas depressivos e uma melhora no humor depois de fazer massagem nas crianças; 2)Suas pulsação diminuiram; 3)Seus níveis de cortisol diminuiram e 4)eles relataram melhora de auto-estima e melhora no estilo de vida (como por exemplo menor número de visitas ao médico e maior contato social) depois de um período de um mês.
Estes efeitos foram mais sentidos, quando ele faziam massagem nas crianças do que quando recebiam massagem dos outros idosos, sugerindo que o massagista também pode se beneficiar apenas dando massagem. Fonte:Field, T., Hernandez-Reif, M., Quintino, 0., Schanberg, S. & Kuhn, C. (1998). Elder retired volunteers benefit from giving massage therapy to infants. Journal of Applied Gerontology, 17, 229-239.

 

7) Desordem por estresse pós-traumático: A terapia da massagem reduziu a ansiedade, depressão e os níveis do hormônio cortisol de crianças que sobreviveram ao furação Andrew(Flórida Estados Unidados). Além disto, seus desenhos se tornaram menos depressivos. Fonte:Field, T., Seligman, S., Scafidi, F., & Schanberg, S. (1996). Alleviating posttraumatic stress in children following Hurricane Andrew. Journal of Applied Developmental Psychology, 17, 37-50.

 

8 ) Fumantes: O comportamento do desejo e ansiedade pelo ato de fumar assim como o número de cigarro foram reduzidos por meio da auto-massagem (massageando os lóbulos da orelha ou as mãos todas as vezes que a pessoa sentia vontade defumar). Fonte:Hernandez-Reif, M., Field, T., & Hart, S. (1999). Smoking cravings are reduced by self-massage. Preventive Medicine, 28, 28-32.

 

9) Minimizando o estresse em recém nascidos: Os efeitos estressantes do cuidado intensivo no berçário são pesquisados, incluindo os efeitos do alto nível de ruído, luminosidade, frio, invasão a procedimentos(cuidados) dolorosos. As perturbações do toque foram associadas com a) Menor resposta aos sustos b)Menor necessidade de ventilação e c) Menos vezes as crianças estavam com os pulsos cerrados. Os bebês estimulados, em média, tiveram maior ganho de peso, ficam acordados e ativos por um período mais longo e tiveram melhores resultados na escala Brazelton. Fonte:Field, T. (1990). Alleviating stress in newborn infants in the intensive care unit. Perinatology, 17,1-9.

 

10) Dores nas costas: A terapia da massagem diminuiu as dores e melhorou a mobilidade dos pacientes. Fonte:Hernandez-Reif, M., Field, T., Krasnegor, J., Theakston, T. (In Review). Chronic low back pain was reduced and range of motion was improved with massage therapy. International Journal of Neuroscience.

 

11) Problemas de comportamento em crianças: Crianças na pré-escola com problemas de comportamento que receberam massagem se mostraram mais envolvidas com as atividades escolares, apresentaram menos brincadeiras solitárias e menos agressivas. Fonte: Escalona, A., Field, T., Cullen, C., Hartshorn, K., &Cruz, C. (In Review). Behavior problem preschool children benefit from massage therapy. Early Child Development and Care.

 

12) Massagem Pais-Bebê: Pais que fizeram massagem durante 1 mês em seus bebês diariamente por 15 minutos antes de colocá-los na cama comparados com outro grupo que não tinha esta prática, mostraram melhor interação no comportamento de suas crianças do que os pais que não mantinham esta prática. Fonte: Cullen, C., Field, T., Escalona, A., & Hartshorn, K. (In Review). Father-infants interactions are enhanced by massage therapy. Early Child Development and Care.

 

13) Pós-queimadura: Dez sessões de terapia de massagem levam a uma menor ansiedade, irritação, depressão e coceira em pessoa que sofreram queimadura e estão na fase de cicatrização. Fonte: Field, T., Peck, M., Hernandez-Reif, M., Stern, S., Burman, I., Krugman, S., & Ozment-Schenck, L. (In Review). Massage therapy effects on postburn scar. Journal of Burn Care and Rehabilitation.

 

14) Terapia Sexual para Casais: Casais que massageam um ao outro, certamente têm menos ansiedade e melhoram a intimidade física. Fonte:Field, T., & Hernandez-Reif, M. (In Preparation). Couples experience better relationships when they massage each other.

 

fonte: http://www.massagem.net/Beneficios/Beneficios.htm

Assuntos Massagem | Comentários desativados em Pesquisas Sobre os Efeitos da Massagem

Massagem e Inflamação

terça-feira, 24 abril , 2012 postado por madhuri

Pesquisadores da Universidade de McMaster, no Canadá, descobriram que uma massagem de dez minutos de duração ajuda a reduzir a inflamação nos músculos. Como uma tratamento sem medicamentos, a massagem guarda o potencial de ajudar não apenas os atletas cansados, mas também aqueles que sofrem de inflamações relacionadas a condições crônicas, como artrite ou distrofia muscular, diz Justin Crane, estudante de doutorado do Departamento de Cinesiologia da universidade.

Enquanto a técnica costuma ser bem aceita como uma terapia para aliviar tensões musculares e dores, os pesquisadores analisaram se ela também aciona sensores bioquímicos que podem enviar sinais de redução de inflamação nas células musculares. Além disso, a massagem sinaliza para o músculo para ele formar mais mitocôndrias, os centros de poder das células que desempenham um papel importante na cura.

– O mais importante é que ninguém nunca olhou dentro do músculo para ver o que está acontecendo com a massagem, ninguém olhou os efeitos bioquímicos ou o que poderia estar acontecendo dentro do músculo – disse Crane. – Mostramos que os sensores do músculo são esticados e parecem reduzir a resposta das células inflamatórias. Como consequência, a massagem pode ser benéfica para curar um machucado.

Crane afirmou que os pesquisadores de McMaster são os primeiros a tomar para análise uma terapia manual, como a massagem, e testar o efeito usando uma biópsia muscular para mostrar como ela reduz a inflamação, um fator subjacente a muitas doenças crônicas. A pesquisa foi publicada na revista “Science Translational Medicine”

Para o estudo, os pesquisadores acompanharam 11 homens na casa dos vinte anos. Na primeira visita, a capacidade dos homens de se exercitarem foi avaliada. Duas semanas depois, eles fizeram exercícios numa bicicleta por mais de 70 minutos, até um ponto de exaustão, quando eles não conseguiam pedalar mais. Eles então descansavam por dez minutos. Durante esse intervalo, um massagista aplicava óleo nas duas pernas e fazia o tratamento em uma perna usando uma variedade de técnicas comumente aplicadas em reabilitação.

Biópsias musculares eram feitas nas duas pernas e repetidas duas horas e meia depois. Os pesquisadores viram que a inflamação diminuiu na perna massageada. Crane admitiu ficar surpreso que apenas 10 minutos de massagem tivesse um efeito tão profundo:

– Não achava que um pouco de massagem poderia produzir uma mudança tão grande, especialmente quando o exercício era tão profundo. Setenta minutos de atividade comparado a dez minutos de massagem: é claramente potente.

Os resultados sugerem que a massagem age sobre a dor muscular pelo mesmo mecanismo biológico que a maioria dos medicamentos contra dor e pode ser uma alternativa efetiva. Crane completou dizendo que a pesquisa mostrou uma ideia falsa muitas vezes repetida: a massagem não ajudou a limpar o ácido lático dos músculos cansados.

Fonte: http://oglobo.globo.com/saude/massagem-reduz-inflamacao-muscular-mostra-estudo-3856203

 

Assuntos Massagem | Comentários desativados em Massagem e Inflamação

Trações e Alongamentos

quarta-feira, 28 março , 2012 postado por madhuri

Assuntos Massagem | Comentários desativados em Trações e Alongamentos

 

 

 

 

Consulte nossa agenda